Paróquia São José Operário

Diocese
Menu
Paróquia São José Operário
Paróquia São José Operário

Praça Getúlio Vargas, 65 - Torres - RS

Palavra do Pároco › 16/06/2019

A comunidade do amor – Palavra do Pároco 15/06/19

No primeiro domingo depois de Pentecostes a igreja comemora a festa da Santíssima Trindade, a festa do Pai, do Filho e do Espirito Santo; festa das três pessoas que é o único Deus. A festa do mistério da fé também chamada festa da comunidade perfeita.

Porque festa da comunidade perfeita?

Porque uma comunidade onde um faz e o outro faz, não tem como um fazer e as outras duas pessoas não fazer, quando o Pai criou, o Filho e o Espirito Santo criaram também (Gênesis 1), o próprio Jesus também afirma nos textos bíblicos que o que é do pai é dele e o que é dele é do pai. Quem o vê está vendo o Pai. Somos os únicos crentes que adoram um deus em três pessoas.
A festa da Santíssima Trindade e a festa que nos lembra que deus não é solitário, pelo contrario, é solidário, é família, é comunidade. Com esse sinal nossa comunidade tem que ser uma comunidade também solidaria e familiar, aonde todos contribui para o desenvolvimento da fé. A comunidade cristã se espelha na Trindade para mostrar o rosto desse Deus amigo, próximo, família. O mistério da fé conforme o Segundo Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, o mistério da Santíssima trindade constitui um mistério inacessível a pura razão humana. Este mistério foi revelado por Jesus Cristo e é a fonte de todos os outros mistérios da fé Cristã (CCIC 45). Portanto, as solenidade da Santíssima Trindade nos faz olhar para esse Deus Mistério que cria, redime e santifica com amor, por amor e para o amor; assim todos nós também somos chamado a ser comunidade com amor, por amor e para o amor. Podemos afirmar que a festa de hoje é a festa da família divina ou festa do amor, não o amor fechado em si mesmo mas o amor aberto que se comunica na nossa criação e na nossa história. Entrou na nossa historia para se nos convidar a nós entrarmos na sua história. A verdadeira comunidade humana só terá sentido quando acolher o convite para entrar na comunidade perfeita que é o Pai o Filho e o Espirito Santo que é o único Deus.

Esperamos que você que partilhou conosco este momento de reflexão possa acolher este convite para viver no amor, por amor e para o amor.

 

Pe. Ozéias Vieira dos Santos

Pároco na Paróquia São José Operário Torres – RS

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Horário de Missas

São José Operário - Centro Domingos: 19h30min Quartas: 19h Última sexta do mês: 19h30min (Cura e Libertação) Primeira sexta do Mês: 19h (Apostolado da Oração)

Rádio Maristela


Mensagem do Pároco

Vídeos

Felicidade, prêmio dos que amam até o fim – Pe. Reginaldo Manzotti

Nossas Comunidades